O défice de participação da sociedade civil portuguesa é o primeiro responsável pelo "estado da nação". A política, economia e cultura oficiais são essencialmente caracterizadas pelos estigmas de uma classe restrita e pouco representativa das reais motivações, interesses e carências da sociedade real, e assim continuarão enquanto a sociedade civil, por omissão, o permitir. Este "sítio" pretendendo estimular a participação da sociedade civil, embora restrito no tema "Armação de Pêra", tem uma abrangência e vocação nacionais, pelo que constitui, pela sua própria natureza, uma visita aos males gerais que determinaram e determinam o nosso destino comum.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Lagoa da bosta

Em tempos que já lá vão, foi possível tomar banho na ribeira de Pêra, que também foi um santuário de muitas espécies piscícolas. Sendo exigível e possível que tal volte a acontecer, podemos todos esperar sentados, porquanto a quem incumbe tal responsabilidade, não liga a mínima! Que se lixem, a saude pública, o futuro das espécies, a economia resultante da pesca!

O aviso está lá. Pequenino para ninguém ver, mas está lá!

11 comentários:

Corre Costas disse...

E a indignação não chega? e a responsabilidade não é exigida? a Lei não é cumprida? Haverá Lei? ou só a demagogia basta? aonde está a sociedade responsável e ativa? onde estão os cidadãos e a cidadania? será esta terra e estas gentes permitem tamanha ignomínia sem pedir que se faça justiça? ou toda esta monstruosidade não é mais que um ato dos interesses particulares e que o que conta é quanto cada um dos intervenientes saca? É muito triste o que têm feito a Armação de Pêra! e muito mais o ver e calar, como a grande maioria o faz! É muito triste, Armação de Pêra merecia mais dos seus filhos!

Anónimo disse...

Ainda não no outro dia estava um casal a tomar banho lá mais para a frente... onde a sinalização não está.
O aviso foi posto a 2 de Agosto com a duração prevista de 1 semana, ou seja, acabava dia 9 mas hoje já é dia 15 e tem tendência para estar ali muito mais tempo !
Já vi essa lagoa com montes de moscas à borda de água.
Vergonha, é assim todos os anos !

Anónimo disse...

Tomaram banho e ainda estão vivos?
Os micróbios são inofensivos....
Deixa-te de tretas e defendam Armação de Pêra.

Leonardo Pereira disse...

É impressionante a quantidade de comentarios feitos por anónimos..será que têm medo de alguma coisa?saiam de tras do computador e mostrem coragem para dizerem quem são...criticar é tão fácil não é?
Apoio 100% este blog e concordo com a maior parte das criticas...mas se até os próprios criadores deste blog se escondem no anonimato...assim também eu pego numa máquina fotográfica e vou por aí tirar fotos aos podres de armaçao

Anónimo disse...

Tem toda a razão Leonardo, estas pessoas são as mesmas que nas assembleias de freguesia e municipal ocupam as filas de trás e entram mudas e saem caladas.
A crítica só é feita nas costas das pessoas, cara a cara não são capazes de afrontar seja quem for.
Depois lá vem a foto e a critica.
Soluções, soluções é que necessitamos!

Corre Costas disse...

Segundo o último anónimo: o problema não está só no mudismo de certas pessoas, mas sobretudo na denúncia fotográfia e gráfia dos crimes ambientais, e outros, que se cometem e persistem em Armação de Pêra! O ideal, para esse pseudo-cidadão, seria: ver ouvir e calar!
E assim vai a vida calma e pachorrenta da verve pestilenta de quem come dos interesses instalados no concelho de Silves e sobretudo em Armação de Pêra.

Anónimo disse...

O Corre Costas tira as fotografias faz os textos e ainda tem tempo para vir fazer comentários,grande artista.
Tem é falta de jeito para dizer como deve ser feito.

Corre Costas disse...

Quem me dera ter tempo para tudo isso! tenho que trabalhar; não vivo da lambuzice do poder instalado. Sou um cidadão preocupado com a minha terra, e muito mais ainda, com a falta de participação ativa e cidadania da maioria dos armacenenses. Saber fazer bem as coisas, é próprio de quem as faz em prol do interesse comum e não servindo os interesses particulares ou de grupo, como até agora tem sido feito. O resto, é uma questão de bom senso, alguma cultura e saber-se aconselhar pelos que mais sabem sobre o assunto.

Corre Costas disse...

Foi retirado à Praia Grande e à Praia de Armação de Pêra, o símbolo de qualidade "Bandeira Azul", que não mais virá a ser restituido! sabem porquê? contaminação bactiorológica das suas águas e areias! sabem ao que se deve tamanha calaminade? à infecção provocada pelas águas infectadas que despejam as Lagoas de Alcantarilha/Pêra e da Boca da Alagoa. Não escondendo os problemas que tomamos qualquer medida para os resolver, é enfrentando-os de frente e com soluções. As entidades públicas - câmara municipal - que foi obrigada a arriar a Bandeira Azul, já alguns dias, cala-se, e os seus responsáveis -presidente e vice-presidente- nem se pronunciam sobre o assunto. É Armação de Pêra, mais uma vez, a ser vítima de atitudes e práticas criminosas, cujos responsáveis principais nem a cara dão. Tudo vai podre no Reino de Silves!

Anónimo disse...

Em todos os reinos,reis e reinados todos começam com a nobreza de espírito depois o compadrio e o melhor, tirar partido de e para e mim e meus família de genes e política, sei bem do que falo e escrevo.mas a mudança avizinha-se .

Anónimo disse...

Se o problema fosse a contaminação das ribeiras de alcantarilha e de espiche então a Praia dos Salgados não teria a Bandeira Azul e tem-na. Igualmente a da Galé. O problema deve ser outro.

Armação de Pêra em Revista

Visite as Grutas

Visite as Grutas
Património Natural

Algarve