O défice de participação da sociedade civil portuguesa é o primeiro responsável pelo "estado da nação". A política, economia e cultura oficiais são essencialmente caracterizadas pelos estigmas de uma classe restrita e pouco representativa das reais motivações, interesses e carências da sociedade real, e assim continuarão enquanto a sociedade civil, por omissão, o permitir. Este "sítio" pretendendo estimular a participação da sociedade civil, embora restrito no tema "Armação de Pêra", tem uma abrangência e vocação nacionais, pelo que constitui, pela sua própria natureza, uma visita aos males gerais que determinaram e determinam o nosso destino comum.

sábado, 4 de agosto de 2012

Armação de Pêra: Fernando e a bosta, no Jardim da Cimpor!




A menos de quinze (15) metros do “centro nevrálgico” dos serviços de limpeza da Junta de Freguesia (o edifício da antiga praça) encontra-se esta “bosta”, lindo exemplo do desprezo descarado do presidente da Junta pelo turista, o qual constitui a base da subsistência económica desta Vila!

Não que os sacrificados residentes não mereçam um ambiente saneado das excrescências, sobrecarregados por impostos agravados em resultado de viverem numa terra classificada como zona de luxo. Esses, mais que quaisquer outros, pois pagam gato por lebre.

De resto, num raio de mil metros, centrado naquele equipamento, as bostas(lixeiras execráveis a abarrotar) proliferam como cogumelos entre os mamarrachos de betão armado, neste"jardim da Cimpor", como se já não chegassem para mal dos pecados desta antiga "Praia Dourada"!

Que concluir desta triste realidade: que o snr. Fernando, presidente da junta, nem trata de justificar os impostos que o município arrecada aos autóctones, nem zela pela sustentabilidade da economia da terra (o turismo), como, neste particular das suas atribuições, lhe incumbe.

É uma verdadeira NULIDADE, no género; Nulidade de Bosta, na espécie!

O Criador, se não tivesse outras ocupações bem mais importantes, parafraseando Óscar Niemayer em 17.03.2012, no seu aniversário dos 102 anos, bem poderia dizer:

"Projectar a Baía de Armação de Pêra (referindo-se, o segundo, a Brasília) para os Políticos que vocês colocaram lá, foi como criar um lindo vaso de flores para vocês usarem como penico.”


4 comentários:

Verdadeiro amigo disse...

Em vez de andarem a dizer mal de quem muito tem feito pela terra, deviam era falar dos porcos que deixam o lixo por todo o lado

Corre Costas disse...

Devias ter vergonha! qual terra? da conta bancária própria e de alguns ajudantes, comparsas e cooperantes?
O que é que fez por Armação de Pêra? promoveu-a? melhorou a sua imagem e desenvolveu as atividades turísticas? ou apoiou umas negociatas da Isabel Soares e de alguns familiares? promoveu a solidariedade social e a cultura? coitado! nem sabe o que isso da cultura, e da solidariedade confunde-a com a caridazinha em que dá com uma mão, com a garantia de receber a recompensa!
Queres enganar quem? ou julgas-te herdeiro do trono? estamos farto de gente medíocre!

Alvarinho disse...

Vocês denunciaram a bosta e o Fernando menos de 24 horas depois mandou levantar a bosta. Afinal o homem responde a critica. Vocês e que foram culpados da quinzena de bosta que só denunciaram tardiamente. Se não querem lixo sejam rápidos a denunciar as bostas

Anónimo disse...

é uma cambada d3 tachistas ignorantes que os Armacenenses alimentam com seus impostos-

Armação de Pêra em Revista

Visite as Grutas

Visite as Grutas
Património Natural

Algarve