O défice de participação da sociedade civil portuguesa é o primeiro responsável pelo "estado da nação". A política, economia e cultura oficiais são essencialmente caracterizadas pelos estigmas de uma classe restrita e pouco representativa das reais motivações, interesses e carências da sociedade real, e assim continuarão enquanto a sociedade civil, por omissão, o permitir. Este "sítio" pretendendo estimular a participação da sociedade civil, embora restrito no tema "Armação de Pêra", tem uma abrangência e vocação nacionais, pelo que constitui, pela sua própria natureza, uma visita aos males gerais que determinaram e determinam o nosso destino comum.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Em vez de Piratas Armação de Pera vai ter mágicos na rua?


1 comentário:

Anónimo disse...

A tirar coelhos da cartola em vésperas de eleições só mesmo os políticos de Silves e Messines.
Em Armação apareceu agora o estudo sobre as águas das chuva e as cheias.
Mas não existe projecto para as obras nem dinheiro em orçamento.
Com papas e bolos se enganam os tolos.
Um mandato e nem uma obra foi feita em Armação de Pera.
Já tenho saudades da outra!

Armação de Pêra em Revista

Visite as Grutas

Visite as Grutas
Património Natural

Algarve