O défice de participação da sociedade civil portuguesa é o primeiro responsável pelo "estado da nação". A política, economia e cultura oficiais são essencialmente caracterizadas pelos estigmas de uma classe restrita e pouco representativa das reais motivações, interesses e carências da sociedade real, e assim continuarão enquanto a sociedade civil, por omissão, o permitir. Este "sítio" pretendendo estimular a participação da sociedade civil, embora restrito no tema "Armação de Pêra", tem uma abrangência e vocação nacionais, pelo que constitui, pela sua própria natureza, uma visita aos males gerais que determinaram e determinam o nosso destino comum.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Armação de Pêra: Cruz Vermelha Portuguesa, mais uma ambulância ao serviço da comunidade



9 comentários:

Anónimo disse...

Ao serviço da comunidade?
Qual comunidade?
De Armação não é de certeza!

Ana Cristina santos disse...

Concerteza que nunca precisou... Felizmente que não fez parte dos
10 000 feridos que a Cruz Vermelha transportou no ano passado! Nem foi á sua casa que chegaram alguns sacos com comida 8 porque houve quem necessitasse e recebesse! Se me conseguir dizer o que é que entende por serviço comunitário em Armação de Pera, depois conversamos...
Ana Cristina Santos

Anónimo disse...

Felizmente mesmo, é um serviço carissimo, não é para o meu bolso!
Percebe?

Anónimo disse...

Um serviço para ricos, quem não paga fica de fora.

Maria da Luz disse...

Tanto peditório para comprar ambulâncias e tantas ambulâncias, não sei para quê.
Serviços privados não é bem o que se entendo por servir a comunidade, em Armação de Pêra talvez seja.
Este tipo de situações que a cruz vermelha tem criado em A. de Pêra, como aqui foram comentadas, são lamentáveis.
De facto é um serviço pago e é caro.
Não há motivo para estarem a ocupar local de esrtacionamento, que tanta falta faz, nem para estarem localizados onde estão.
Não há motivo válido que justifique a situação, tentem arranjar instalações em local menos exposto, façam a vossa vida e a caridade que acharem necessária, mas sem publicidade.
O serviço comunitário em A. de Pêra existe, também existe a solidariedade, quem a practica não vem é fazer valer essas atitudes para justificar absolutamente nada.
Serviço comunitário em A. de Pêra é isso, respeito por quem necessita, nada de propaganda ao que se ajuda, senão não é ajuda, é chantagem com um sentido de oportunidade de muito desumano.

Maria da Luz disse...

Tanto peditório para comprar ambulâncias e tantas ambulâncias, não sei para quê.
Serviços privados não é bem o que se entendo por servir a comunidade, em Armação de Pêra talvez seja.
Este tipo de situações que a cruz vermelha tem criado em A. de Pêra, como aqui foram comentadas, são lamentáveis.
De facto é um serviço pago e é caro.
Não há motivo para estarem a ocupar local de esrtacionamento, que tanta falta faz, nem para estarem localizados onde estão.
Não há motivo válido que justifique a situação, tentem arranjar instalações em local menos exposto, façam a vossa vida e a caridade que acharem necessária, mas sem publicidade.
O serviço comunitário em A. de Pêra existe, também existe a solidariedade, quem a practica não vem é fazer valer essas atitudes para justificar absolutamente nada.
Serviço comunitário em A. de Pêra é isso, respeito por quem necessita, nada de propaganda ao que se ajuda, senão não é ajuda, é chantagem com um sentido de oportunidade de muito desumano.

Anónimo disse...

Bom, não posso deixar de responder... Em 1º lugar, não entendo tanta agressividade para com uma instituição...depois a" propaganda" é informação para quem , nada sabendo, se limita a denegrir... Pagamentos? Os bombeiros se forem chamados particularmente também cobram! Isso lhe garanto com absoluta certeza! Depois, se o hospital requisitar esras ambulâncias para levarem doentes, por exemplo, a Lisboa, ele fazem-no GRATUITAMENTE para o doente! Quem paga é o hospital... NO entanto, parece-me que não em faço entender, porque quem está a ler não o quer entender...Assim sendo, continue com a sua opinião e , muito honestamente, que a cruz Vermelha nunca lhe faça falta! Obrigada!

Anónimo disse...

tanta ignorancia, mostrem alguma factuara que a cvp tenha passado com algum valor ... porque os anonimos não mostram a cara, todos os serviços são pagos com os valores normais e iguais aos bombeiros
Peditorios quais !!!! mostre e prove D Maria da Luz
Antonio Silva
Voluntario

Anónimo disse...

Realmente não se consegue perceber o ponto de vista de algumas pessoas parece que estão mal consigo mesmo.

A CVP é apenas uma organização que tenta ajudar, e como todas as coisas acredite que têm de ser pagas, já quando chamamos uma ambulância dos bombeiros também a temos de pagar embora indirectamente mas pagamos, através dos impostos que nos cobram.

Acredite que se algum dia precisar da CVP ela estará ao seu lado para a apoiar quer tenha acreditado nela ou não. Pensos que deveriam ter outro olhar no mundo e pensar em todas as pessoas que são ajudadas pela Cruz Vermelha não só a nível nacional mas a nível mundial.

Pense melhor quando se referir á CVP, mude a sua maneira de lidar com a realidade acredite que se vai sentir bastante melhor, no fim de contas a CVP não está cá para prejudicar ninguém.

Voluntário da CVP

Armação de Pêra em Revista

Visite as Grutas

Visite as Grutas
Património Natural

Algarve