O défice de participação da sociedade civil portuguesa é o primeiro responsável pelo "estado da nação". A política, economia e cultura oficiais são essencialmente caracterizadas pelos estigmas de uma classe restrita e pouco representativa das reais motivações, interesses e carências da sociedade real, e assim continuarão enquanto a sociedade civil, por omissão, o permitir. Este "sítio" pretendendo estimular a participação da sociedade civil, embora restrito no tema "Armação de Pêra", tem uma abrangência e vocação nacionais, pelo que constitui, pela sua própria natureza, uma visita aos males gerais que determinaram e determinam o nosso destino comum.

sábado, 16 de janeiro de 2016

A inteligência faz a diferença

Uma bela Senhora, distintérrima, estava num avião vindo da Suíça.

Vendo que estava sentada ao lado de um padre simpático, perguntou:

- Desculpe-me, padre, posso pedir -lhe um favor?

- Claro, minha filha, o que posso fazer por si?

- É que eu comprei um novo secador de cabelo, sofisticadíssimo, muito caro.

Realmente ultrapassei os limites da declaração e estou preocupada com a

Alfândega. Será que o Senhor o poderia levar debaixo de sua batina?

- Claro que posso, minha filha, mas certamente sabe que eu não posso mentir!

- O Senhor tem um rosto tão honesto, Padre, que estou certa que eles não lhe

farão nenhuma pergunta.

E deu-lhe o secador.

O avião chegou a seu destino. Quando o padre chegou à Alfândega,

perguntaram-lhe:

- Padre, o senhor tem algo a declarar?

O padre prontamente respondeu:

- Do alto da minha cabeça até a faixa na minha cintura, não tenho nada a

declarar, meu filho.

Achando a resposta estranha, o fiscal da Alfândega perguntou:

- E da cintura para baixo?

- Eu tenho um equipamento maravilhoso, destinado a uso doméstico, em

especial para as mulheres, mas que nunca foi usado.

Soltando uma sonora gargalhada, o fiscal exclamou:

- Pode passar, Padre! O próximo...

Sem comentários:

Armação de Pêra em Revista

Visite as Grutas

Visite as Grutas
Património Natural

Algarve