O défice de participação da sociedade civil portuguesa é o primeiro responsável pelo "estado da nação". A política, economia e cultura oficiais são essencialmente caracterizadas pelos estigmas de uma classe restrita e pouco representativa das reais motivações, interesses e carências da sociedade real, e assim continuarão enquanto a sociedade civil, por omissão, o permitir. Este "sítio" pretendendo estimular a participação da sociedade civil, embora restrito no tema "Armação de Pêra", tem uma abrangência e vocação nacionais, pelo que constitui, pela sua própria natureza, uma visita aos males gerais que determinaram e determinam o nosso destino comum.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

O Povo é Você!


Nesta coisa de eleições e dando-se o caso de estar confuso, importa não esquecer que essa é a hora do povo!

E o povo é você!(Quem toca a musica é o povo e quem dança são os seus representantes)

Logo, é hora de pensar em si, em primeiro lugar, e sobre o que pretende de um mandatário;
Depois, perceber qual dos candidatos a representá-lo, poderá merecer a sua aposta ou confiança;

A confiança subentende o conhecimento do candidato e um juizo critico positivo sobre o seu programa, lealdade, competência e capacidade de trabalho;

A aposta pressupõe um risco assumido face ao desconhecimento ou à insistência num candidato conhecido que, tendo tido a oportunidade de fazer, já demonstrou não ser capaz.

Se falhar não pode (deve) queixar-se, deve, para a próxima, ser mais atento e informado!

Por isso, já que tem o poder de contribuir para o destino da Vila, porque não se informa, já que tem tempo suficiente para isso.

No próximo dia 29 de Setembro esteja informado e vote em si!



14 comentários:

Anónimo disse...

O candidato serpa é tão fofinho que distribui folhetos de campanha do candidato adversário.... distribui ou tira.. vejam: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=345894882212289&set=a.345893725545738.1073741877.308770209258090&type=3&theater

Renato disse...

o Serpa adoptou a tática do Vale Tudo, mas só dá tiros nos próprios pés... a vontade de aparecer em todo o lado, tirar fotos a tudo, só para encenar algo que não corresponde á realidade, traz-lhe mais prejuízos do que benefícios! Agora vemos o Serpa a gozar ou maldizer panfletos do Rogério Pinto... Bonito!

Anónimo disse...

O voto contra a máfia dos partidos que governam e governaram silves é no Daniel.
É o único candidato de confiança.

Anónimo disse...

NÃO faça nas URNAS DE VOTO o que costuma fazer na sanita,
na sanita fazes a descarga e a merda não vê mais,
mas nas urnas levas 4 anos a ver a merda que fizeste.

Zé disse...

No facebook de Ricardo Pinto: "Visitamos a sede da junta de freguesia e estivemos à conversa com o Fernando Santiago e os funcionários da nossa freguesia. Ao longo da conversa que mantivemos, foi evidente o reconhecimento que os funcionários manifestam pela melhoria das suas condições de trabalho ao longo deste último mandato, que se tem traduzido numa melhoria dos serviços prestados à população. A nível da secretaria, foi referenciada a aquisição de novos computadores, de um servidor, de uma impressora multifunções, da restruturação da rede elétrica e informática, a criação de contas de email profissionais, assim como o estabelecimento de um contrato de consultadoria na área da contabilidade. A nível dos serviços exteriores, foi referida a aquisição de novas fardas, material de proteção individual (luvas, máscaras, botas, etc.), materiais e acessórios de limpeza, assim como a aquisição de equipamentos mecânicos (moto-roçadora, aspirador/soprador e um pulverizador). Foi também referenciada a aquisição de um novo camião em 2013 que tem estado ao serviço da freguesia o que tem sido muito positivo. Foi também enaltecida a abertura do Polo de Educação ao Longo da Vida no apoio social à população mais idosa, projeto esse que tem vindo a ganhar uma dinâmica cada vez maior, mas deverá procurar abranger mais faixas etárias e alargar as suas áreas de intervenção. Foram também referenciadas as obras de beneficiação realizadas no último ano no cemitério, nomeadamente, o isolamento das gavetas/catacumbas, o arranjo dos espaços interiores e exteriores e pintura de paredes, muros e da capela. Por outro lado, foi referenciada a necessidade de serem dadas mais respostas na área social e no apoio aos mais necessitados, de serem criados balneários e um espaço para refeições para os funcionários operacionais, de ser revisto o atual regulamento do mercado e de efetuar algumas obras de beneficiação neste equipamento, de existir um reforço das condições de segurança na via dorsal e algumas estradas de acesso à vila, de ser feito um reforço na iluminação pública em alguns locais, de ser criado um parque de merendas e mais áreas de sombra na via pública, devendo também existir um especial cuidado com a manutenção de alguns espaços verdes. Quanto ao espaço da “praça velha”, os funcionários expressaram que gostariam de ver ser construída neste local a nova sede da Junta de Freguesia de Armação de Pêra, que consideram ser o “sonho” que gostavam de ver realizado. Relativamente à limpeza da vila, reconhecem que neste último ano foram adotadas algumas medidas pelo executivo da junta de freguesia importantes, nomeadamente, a realização de duas recolhas diárias das papeleiras da avenida Beira Mar e a redefinição das áreas de responsabilidade a cargo da Câmara Municipal de Silves e da Junta de Freguesia, muito embora também refiram que há ainda muito trabalho a desenvolver. No futuro, entre outros aspetos, gostavam ainda que fosse proporcionada mais formação profissional específica aos funcionários da junta, que fossem feitas ações de sensibilização e fiscalização para intervir sobre todos aqueles que fazem uma utilização incorreta dos moloks e papeleiras, prejudicando a imagem de Armação de Pêra e dificultando o trabalho dos funcionários da Câmara Municipal e Junta de Freguesia.
Como nota final, importa referir que, foi para nós mais que evidente que os atuais funcionários da Junta de Freguesia são uma mais-valia para Armação de Pêra e guardam dentro de si um capital valioso de mais, pelo que estes conhecimentos deverão ser bem aproveitados pelo próximo executivo da Junta de Freguesia com o objetivo de melhorar os serviços prestados à população e trabalhar sempre por Armação de Pêra". A minha questão: Mas este rapaz não esteve quatro anos na junta de freguesia??

Anónimo disse...

Zé a tua questão é " Mas este rapaz não esteve quatro anos na junta de freguesia? E a minha é: Será que o zé sabe ler? ... saber o significado palavras, é uma coisa... interpretar o texto e a sua mensagem é outra!

Felismina Anton disse...

Visita de Vieira da Silva (é o tudo por tudo dos candidatos socialistas em Silves) ao hotel de luxo que está a ser construído no centro de Pêra: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=346633475471763&set=a.346630045472106.1073741878.308770209258090&type=1&theater

Muitos dos intervenientes (Centro Paroquial) na construção desse hotel de luxo e do tão prometido (MENTIRAS) lar estão nas listas do PS para a União das Freguesias de Alcantarilha e Pêra. Sinto-me envergonhada como munícipe do concelho de Silves.

Paula Silva disse...

Deixo esta reflexão para aqueles que neste sítio fazem determinados post e comentários.

Um casal, recém-casado, mudou-se para um bairro muito tranqüilo.
Na primeira manhã que passaram na casa nova, enquanto tomavam café, a mulher reparou atráves da janela numa vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido:
- Que lençóis tão sujos que ela está a pendurar no varal!
- Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a mulher comentou com o marido:
- Nossa vizinha continua a pendurar os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntava se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um tempo a mulher surpreendeu-se ao ver os lençóis muito brancos a serem estendidos, e empolgada foi dizer ao marido:
- Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que outra vizinha ensinou?
O marido calmamente respondeu:
- Não, hoje eu levantei-me mais cedo e lavei os vidros da nossa janela!
E assim é.
Tudo depende da janela, através da qual observamos os factos.
Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir, verifique seus próprios defeitos e limitações. Olhe antes de tudo, para a sua própria casa, para dentro de você mesmo.
Só assim poderemos ter noção do real valor de nossos amigos.
Lave os seus vidros.
Abra sua janela !!! »»»

Isidoro Cabrita disse...

Gostei muito desse último comentário, e fez-me lembrar algo que de muito engraçado com o candidato Dr. Serpa!

Há alguns meses atrás, o candidato Dr. Serpa numa entrevista ao jornal Barlavento online disse o seguinte:

"Ao longo da minha vida tenho sido contido nos gastos... por isso, em coerência, entendo que a minha actividade política tem de ser uma continuidade dos valores que me norteiam na minha vida... Recuso-me, e permita-se-me a repetição, recuso enveredar por um despesismo, tão desejado por muitos, nesta campanha que se avizinha... não haverá esbanjamento, nada de brindes inúteis, cartazes gigantescos e afins. A primazia será dada à mensagem, com os meios estritamente necessários para esse efeito".

Resido em Armação de Pêra e sou agente comercial pelo concelho, e a realidade é que só tenho visto cartazes gigantescos com a cara do Dr. Serpa, com outras pessoas que não conheço de lado nenhum, por todo o concelho, sem qualquer mensagem!

Dos outros partidos nada vi! E o Dr. Serpa é o poupadinho, que nada esbanja e que não vai meter cartazes na campanha!?!??

São estes pequenos detalhes que nos revelam o carácter e a falta de coerência das pessoas, neste caso do Dr. Serpa!

Como poderei acreditar numa pessoa destas?!? O Dr. Serpa não terá o meu voto!

Licínio disse...

Amigo Isidoro, aquelas fantochadas que chamam apresentação dos candidatos, custam 1000 euros! Os 7 cartazes gigantes que o senhor contou custam sete mil euros! Cada cartaz gigante, mais os pequenos, e mais os folhetos, tudo deve ir aí para uns 30 a 40 mil euros pagos por todos nós, com os nossos impostos! O Dr. Serpa já foi apanhado em contra-mão!

Anónimo disse...

Exª senhores
Tendo lido estes comentários, apenas consigo chegar há conclusão de entender porque durante 12 anos tivemos PSD e porque verifique que o concelho em termos sociais e humanos em nada se desenvolveu, pelo contrário regrediu. As pessoas insistem em falar de coisas que desconhecem ou então porque ouviram dizer.
O problema até não está nos candidatos está em quem os elege. Sei que é mais fácil culpar o outro do que assumir a nossa própria culpa. Deveríamos de fazer uma autocritica aos nossos comportamentos.
A D. Felismina ao referir no hotel de luxo de Pêra, deveria antes de mais em falar com a Fabrica da Igreja de Pêra e solicitar uma visita a obra e uma explicação tenho a certeza que o dono da obra teria todo o gosto em acompanha-la e explicar que espaço e aquele. Pois mostrava além de coerência mostrava honestidade intelectual e moral. Como é do conhecimento aquele espaço cultural e para atividades religiosas para a população incluindo para a D. Felismina. Em relação ao lar, deveria perguntar aos cidadãos eleitores que criticaram não fizeram nada para o pais chegar a esta crise financeira.
Em relação aos gastos da campanha, questione-se ao simples cidadãos e /ou simpatizante de qualquer partido:
Querem que os gostos em campanhas sejam pagos pelos nossos impostos ou querem que sejam pagos pelos simpatizantes de cada partido (caso nos EUA)?
Quais alternativas?
Poderão dizer “não queremos gastos com campanhas” Mas mesmo com campanha se sentem pouco esclarecidos, então sem campanha ficariam mais esclarecidas ?
Afinal é sempre mais simples votar no escuro, opinar em algo que desconhecemos e depois criticar e maldizer e não assumir as nossas responsabilidades.
Com os melhores cumprimentos.
Joaquim Santos

Anónimo disse...

O penedo grande está em altas!

Anónimo disse...

a maledicência e a publicidade enganosa tambem

Anónimo disse...

Sim, a maledicêncica e a publicidade enganosa estão em altas na campanha do Serpa e do PS! As suas fotos provam-no!

Armação de Pêra em Revista

Visite as Grutas

Visite as Grutas
Património Natural

Algarve