O défice de participação da sociedade civil portuguesa é o primeiro responsável pelo "estado da nação". A política, economia e cultura oficiais são essencialmente caracterizadas pelos estigmas de uma classe restrita e pouco representativa das reais motivações, interesses e carências da sociedade real, e assim continuarão enquanto a sociedade civil, por omissão, o permitir. Este "sítio" pretendendo estimular a participação da sociedade civil, embora restrito no tema "Armação de Pêra", tem uma abrangência e vocação nacionais, pelo que constitui, pela sua própria natureza, uma visita aos males gerais que determinaram e determinam o nosso destino comum.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

"Lave os seus vidros"; "Abra a sua Janela"!


Recebemos recentemente um comentário da visitante Paula Silva, o qual, pela sua irrepreensível lucidez e esmagador bom senso, merece, em nosso entender, ser divulgado:



"Deixo esta reflexão para aqueles que neste sítio fazem determinados post e comentários.

Um casal, recém-casado, mudou-se para um bairro muito tranquilo.
 
Na primeira manhã que passaram na casa nova, enquanto tomavam café, a mulher reparou, atráves da janela, numa vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido:
 
- Que lençóis tão sujos que ela está a pendurar no varal!
- Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
 
O marido observou calado.
 
Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a mulher comentou com o marido:
 
- Nossa vizinha continua a pendurar os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntava se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
 
E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
 
Passado um tempo a mulher surpreendeu-se ao ver os lençóis muito brancos a serem estendidos, e empolgada foi dizer ao marido:
 
- Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que outra vizinha ensinou?
 
O marido calmamente respondeu:
 
- Não, hoje eu levantei-me mais cedo e lavei os vidros da nossa janela!
 
E assim é.
 
Tudo depende da janela, através da qual observamos os factos.
 
Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir, verifique seus próprios defeitos e limitações. Olhe antes de tudo, para a sua própria casa, para dentro de você mesmo.
 
Só assim poderemos ter noção do real valor de nossos amigos.
 
Lave os seus vidros.
Abra sua janela !!! "

9 comentários:

Cabeça Tonta disse...

Não li, mas tá porreiro. Principalmente as cores.

Zé disse...

senhores(as) do blog esta noite vai haver debate com os 3 candidatos à Junta de Freguesia, tem inicio às 20:30 em directo da sede do Clube de Futebol 'Os Armacenenses'para a Radio Algarve fm. estejam presentes ou oiçam através da rádio. Espero que vejamos as janelas limpas!

Já agora muito bom texto!

Anónimo disse...

Lá vamos ouvir o pintóquio...

Anónimo disse...

O Ricardo vai dar 15-0 ao Paulo!

Anónimo disse...

Sim. sim, e Portugal ganha ao Brasil com uma perna às costas!

Unknown disse...

em tangas sim...

Anónimo disse...

tangas é com Serpa... lembrem-se disto: PLMJ!!! Ah, e já agora Viga D´Ouro também, porque ontem ficaram-se a saber coisas do Sr. Serpa, o grande abafador de responsabilidades de decisores políticos!!! Vergonhoso este Serpa, só pode estar a defender o Zé Paulo... e a Câmara fica a arder em milhões de euros, graças ao Serpa, el copiador!!!

Felismina disse...

A Sónia Oliveira é uma seguidora do Querido Líder Serpócrates e tudo o que é PS. Também anda a apresentar os panfletos do Rogério nas acções de rua ou anda a limpá-los para o lixo? Tristeza. Junte-se ao seu camarada Corre Costas, já são dois fala barato.

Armacenense disse...

Convido os autores do blog a lavar a janela por onde têm olhado para Armação de Pêra:
http://www.youtube.com/watch?v=EOrCbcNiCv4

Obrigado Ricardo por lutares pela boa imagem da nossa terra que estes tristes que por aqui pairam tanto têm trabalhado para denegrir.
Dia 29 será feita justiça. Depois eles desaparecem, como é habitual, e ficam os mesmos de sempre: os que trabalham em prol de Armação de Pêra.

Armação de Pêra em Revista

Visite as Grutas

Visite as Grutas
Património Natural

Algarve