O défice de participação da sociedade civil portuguesa é o primeiro responsável pelo "estado da nação". A política, economia e cultura oficiais são essencialmente caracterizadas pelos estigmas de uma classe restrita e pouco representativa das reais motivações, interesses e carências da sociedade real, e assim continuarão enquanto a sociedade civil, por omissão, o permitir. Este "sítio" pretendendo estimular a participação da sociedade civil, embora restrito no tema "Armação de Pêra", tem uma abrangência e vocação nacionais, pelo que constitui, pela sua própria natureza, uma visita aos males gerais que determinaram e determinam o nosso destino comum.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Armação de Pêra:"Esta ribeira é uma sanita"


Abertura de barra deixa peixes mortos nas margens da ribeira de Alcantarilha

Os trabalhos não foram feitos em Agosto para que os turistas não vissem os efluentes poluídos a escorrer para o mar. Pescadores acham que acção já vem tarde para algumas espécies.

João Ministro, da associação Almargem, faz uma leitura diferente da situação. "Não há razão para as águas estarem poluídas, pois a zona é servida pela nova ETAR intermunicipal." De resto, explica o dirigente ambientalista, é essa infra-estrutura que "garante os caudais mínimos na lagoa dos Salgados [a cerca de três quilómetros de distância], garantido a vida nessa zona húmida, uma condição imposta pelo estudo de impacto ambiental".

Os pescadores em Armação de Pêra têm dúvidas de que as águas da ribeira de Alcantarilha estejam em boas condições. "Esta ribeira é uma sanita", reclama Tânia Oliveira, que questiona: "Se tudo funciona bem, porque morrem os peixes?"

Os pescadores têm razão a ribeira está mesmo poluída, não pelas águas da ETAR que drenam para a ribeira dos Salgados, mas pelos esgotos que correm através da vala como assinalamos na foto e que filmamos em Agosto.

14 comentários:

Anónimo disse...

Quando as pessoas não tomam chá em pequeninas, são capazes de tudo para destruirem a terra que lhes dá o pão.

Tânia Oliveira disse...

Está certissimo sr. anónimo,e é para evitar essa destruição que todos temos de ir à próxima assembleia da junta de freguesia,lá estarão os representantes mais directos da nossa vila,são eles que tem de prestar contas.

Explicar o porquê de toda esta negligência,e todos os outros porquês.

Porque continuam as ocupações dos espaços públicos a beneficiar particulares?

Porque continua o rio a receber esgotos?

Porque continuam os pescadores sem uma sede?

Porque continuamos com uma junta de freguesia inactiva e pouco cumpridora das suas obrigações mais elementares?

Porque não falou o nosso presidente desta vala que manda esgotos para o rio,se conhece tão bem este assunto,quanto qualquer armacenense?

Porque não param de comprometer o futuro da nossa terra e começam a tomar medidas sérias para resolver os problemas que aqui criaram?

Já agora sr. anónimo deixe que lhe faça um pequeno reparo,quem bebe muito chá em pequenino, acaba por ficar sempre pequenino.

Crover disse...

pois eu qd era pequenino lembro-me de nadar no rio com os peixes k existiam la a agua era lipa e translucida mas agora parece k os peixes são mutantes lol.
isto tem k mudar alias os "Amigos de Armação podiam entrar nesta luta em vez de outras situações em k axam k esta mal mas é util para a vila.

Corre Costas disse...

O Senhor João Ministro da associação Almargem, deveria falar do que sabe. Os efluentes da ETAR de Pêra ainda não estão a ser tratados pela ETAR inter-municipal, da Guia. Os esgotos descarregados na Lagoa do Salgados provenientes desta ETAR, estão a ser simplesmente decantados. A Almargem deveria saber - pois tem lá um ex-dirigente a trabalhar - que a Lagoa dos Salgados actual, está completamente senil e é artificial, pois o que existia naturalmente eram valas de escoamento das águas pluviais e a Lagoa, entre as dunas e o mar, que recebia os nutrientes dessas águas das chuvas, e era uma maternidade piscícola, tal como a de Armação de Pêra. Os esgotos da ETAR mais os reagentes químicos adicionados pelos serviços do Golf dos Salgados, afim de evitar os cheiros, os mosquitos e possíveis epidemias, mataram completamente toda a vida da Lagoa (Boca D'alagoa) dos Salgados, tornando-a completamente senil. A Lagoa de Armação de Pêra, só não está no mesmo estado, porque recebe menos efluentes da ETAR, e a sua foz é mais vezes aberta ao mar, - por receio que a parte baixa da povoação - Aldeia - fique inundada.
O campo de Golfe dos Salgados, foi aprovado com a condição de reutilizar as águas "tratadas" da ETAR de Pêra, que não funciona em condições há mais de 10 anos. Os produtos químicos, mais os esgotos, mataram a vida na ribeira dos Salgados e de Armação de Pêra e o responsável da Almargem que deu parecer favorável para o funcionamento do golfe, sem preencher as condições a que o projecto teria que obedecer, é funcionário superior do Golfe dos Salgados, e nós habitantes desta terra ficamos com a "morte" que nos deixaram como herança os xico-espertos e os pseudo- defensores do ambiente.
Agora vão fazer observação de aves que vivem numa estrumeira a céu aberto, cheia de químicos agressivos que trazem a "morte" e os lançam no mar quando a sua quantidade se torna incomportável, têm um emissário submarino que diariamente os despeja no mar.
A esta podridão, onde as aves se alimentam das porcarias em suspensão, já lhe chamaram "Maravilha de Portugal"

Anónimo disse...

O que anda a fazer a responsável pela ARH?
O proplema está identificado o que foi feito por esta autoridade, para que os esgotos não voltem a sair para a vala, será que o protocolo que foi assinado com a policía maritima e a GNR foi só para tapar os olhos ao povo.

Anónimo disse...

Mas quem é esta Tania Oliveira? anda por aqui nestes comentários, armada em moralista, depois do seu triste passado e do seu digníssimo esposo, andando agora armada em politica e a viver dos subsídios do estado por ter um atestado de pobreza passado pela J. de freguesia , sendo proprietária de imóveis, para não pagar despesas de educação da sua filha, multas e impostos. A sua especialidade é implicar com tudo e todos, muitos destes trabalharam toda a sua vida, sempre pagaram os seus impostos, nunca foram drogados nem alcoólicos. Se tivesse um pouco de vergonha e fosse mais educada, talvez tivesse mais credibilidade

Tânia Oliveira disse...

Quem tem de ter vergonha é o sr. anónimo,tem bem noção da gravidade das suas afirmações,por isso está escondido.
Não perca tempo comigo este tipo de atitude além de lhe trazer, problemas, não me vai fazer calar.

A sua atitude deixa bem claro que a educação não faz parte da sua natureza.
Ainda vamos conversar sobre esta sua intervenção.

Corre Costas disse...

São estas atitudes de gente "porca" e sem escrúpulos que caracterizam os "lambedores de botas" que rastejam atrás de quem está no poder, e são responsáveis por estas atrocidades que vêm destruindo esta terra!
Não se sente nojento, por detrás de um anonimato estar a insultar uma participante deste fórum?
O assunto em discussão é a degradação ambiental da ribeira de Alcantarilha (Armação de Pêra) e o escroque vem para aqui insultar quem se preocupa com a sua terra!
Que miserável! preocupe-se consigo e com as suas vergonhosas atitudes. Gente desta, nem merece respeito para viver em sociedade. Deve ser de algum oportunista, mal formado, que está a viver à custa do património público.

Ana Rita disse...

A Tânia incomoda,está visto,está a desmascarar as falcatruas,a mexer nos assuntos que até hoje todos falam nos cafés mas ninguém tem coragem de denunciar.
Mais duas ou três Tânias e essa gente andava na ordem,não brincavam como tem brincado.
Força,sei que tens,continua,tens razão em tudo o que tens dito.
Muitos terão a mesma força que demonstras se for necessário defender-te.
Parabéns pela luta que tens dado.

Luisa disse...

Boa noite,
Sou Armacenense e sinto-me indignada com a pequenez de certas pessoas, por isso desisti de residir em Armação, esse anónimo que se julga no direito de insultar quem luta e defende a sua terra, deveria ter vergonha na cara, talvez se olhar para toda uma geração de Armação, o mais importante de tudo é o que somos, não o que fomos, e o Sr. ou Sra. não é, simplesmente, se é que alguém tem o direito de fazer julgamentos. Triste fado.

Célia disse...

Ao anónimo:
Acho gravissímo a utilização de toda a família de uma pessoa como arma para agredir e insultar, este assunto torna-se mais grave quando é do conhecimento público o tipo de serviço prestado por orgãos públicos aos utentes, esta pessoa se trabalha num destes locais, está a ter uma conduta muito indigna e punível por lei, como se sabe é proibido este tipo de comportamento.A sua observação leva a crer que é uma pessoa muito séria e trabalhadora, já cometeu um erro gravissímo que descredibiliza toda a sua imagem, quer como ser humano, quer profissional, ao contrário da Tânia, que merece todo o respeito e carinho, pela luta e trabalho diário, e sem tachos.

Sara T disse...

Anonimo,
Devia era ter vergonha, talvez se tivesse a coragem de se identificar poderiamos ter uma conversa, mas pelos visto nem isso tem talvez porque so queira humilhar, pois aposto que tambem deve ter um drogado ou alcoolico na familia ou mesmo voçe o é... Mas esconder atraz da capa é muito mais facil, pois tambem lhe digo pela sua resposta e pela a da senhora tania acho-a uma pessoa muito mais digna que o senhor.
Acho que devia crescer isto é para nao dizer mais e nao descer ao seu nivel.
É por causa de pessoas como voçe que por vezes sentimos vergonha de ser portugues... olhe vá para o brazil, acho que o país nao perdia nada.

Comprimentos

Anónimo disse...

A Tânia está a mexer com assuntos muito importantes para A. de Pêra,o que se passa na lota é uma vergonha todos sabem isso.
Não gostam?
Paciência,também o pessoal não gosta de ver o nosso espaço usado e abusado por gente de tão baixo nivel.
Abancaram ali,no maior abuso e agora são importantes,até são mais importantes e têm mais direitos que os pescadores.
Tal acham isto?
São honestos e pagam impostos,deve ser isso,são é muito descarados e abusadores.
Tenham vergonha,deixem a Tânia em paz.Deixem os pescadores sossegados,que já tem problemas que cheguem.
Sigam o concelho da Sara,vão para o Brasil,vão para longe,devolvam os balneários,tenham vergonha!
Tomem conta da situaçáo do rio,com seriedade,com responsabilidade,deixem-se de tretas,de conversas de malucos,estes assuntos são demasiado sérios.
Brincam,brincam,pensavam que a brincadeira ia durar para sempre?
Atrás da Tânia virão outros a dizer o mesmo,afinal de contas,é mesmo como ela diz.

Armacenense Ferrenho disse...

Bom, consegui ficar espantada com a baixeza do comentário de um ANÓNIMO que, de ânimo leve, denegriu, a Tânia e a sua família. QUE GRANDE E BELA OPORTUNIDADE QUE PERDEU DE ESTAR CALADO! É um covarde porque é esse o nome que se dá a pessoas que insultam, enxovalham atrás do anonimato. Identifique-se, que nós avaliaremos a sua vida! Quem sabe como será? A valer pela forma como se expressa e pelo seu conteúdo, concerteza que tem muito para esconder! Tenha vergonha!!!!
Força, Tânia! Os armacenenses ( verdadeiros) estão contigo nesta luta inglória!

Armação de Pêra em Revista

Visite as Grutas

Visite as Grutas
Património Natural

Algarve